Adoração

Em nossos cultos sempre existem expectativas sobre a manifestação de Deus e por Sua Presença manifesta.
Deus é Espírito e importa que seus adoradores o adorem em espírito, disse Jesus. Mas para que possamos experimentar um pouco desta manifestação, a adoração deve ser entregue à Ele de uma forma espiritual. Nossa adoração deve ser de todo coração, alma e espírito. Paulo nos ensina em Romanos 12 sobre o culto racional, no que devemos saber que adoramos à Ele e que devemos nos render inteligentemente ao Senhor. Devemos entender que devemos nos prostrar e nos quebrantar diante de Deus. Mas Paulo também nos ensina sobre oferecer a Deus cânticos espirituais em nossas reuniões - Efésios 5: 19 e Colossenses 3:16. Tanto em Efésios como em Colossenses a Palavra cânticos quando se refere a cânticos espirituais literalmente no original pode ser música, hinos ou salmos. Mas a palavra espirituais pode ser traduzido de algumas formas, mas a que mais nos importa é a maneira como pode ser interpretada por Divinamente inspiradas. Cânticos Espirituais então podem ser ditos como canções divinamente inspiradas, ou inspiradas pelo Espírito de Cristo.
Mas, para que nós possamos receber esta inspiração divina, nossa comunhão com Ele deve chegar ao que podemos chamar de Comunhão Íntima, a qual nasce através de nosso fervor e zelo por Deus e por Sua Presença. Ministros que ministram na Casa de Deus devem saber esvaziar-se de si mesmos para que possam chegar diante de Deus não somente em Verdade, mas também em Espírito. Nosso momento de adoração congregacional, como ministros de adoração, devem ser recheados de entrega, amor, paixão por Sua Presença e desejo de tocá-Lo.
Segundo I Pedro 2:5, devemos entregar a Deus Sacrifícios Espirituais, e estes sacrifícios espirituais vêm de pessoas que estão prostradas e quebrantadas diante de Deus. Não sacrifícios de sangue, mas sacrifícios que são primeiramente frutos dos lábios que confessam Seu Nome (Hebreus 13:15) e depois sacrifícios que damos a Deus em amor. Sacrifícios são entregues para serem consumidos, não para serem restituídos!
Ministros da Casa de Deus devem ser pessoas que conhecem o poder do quebrantamento. Salmo 34 :18 e 51 :17. Se estivermos quebrantados diante de Deus, não teremos lugar para a busca de aceitação ou de elogios humanos, e além disto, não toleraríamos muitas coisas que são entregues diante de nós como louvores a Deus. Devemos aprender o valor da entrega. Adoração está mais ligada à entrega e renúncia do que a apreciação de boa música. Gênesis 22:5, Abraão sobe ao monte para entregar seu filho único a Deus, mas ele diz que estava indo adorar. Onde está a música?
Se conseguíssemos transpor este sentimento para nossos cultos, deixaríamos de cantar grande parte das canções que cantamos e estaríamos nos entregando à Deus em Espírito e em verdade.
A questão então não está somente ligada no que cantamos e como cantamos diante de Deus, mas como estamos entregando tudo isto para Ele. Malaquias estava exortando o sacerdócio de sua época porque estavam oferecendo a Deus uma adoração e um sacrifício que não era aceitável diante d’Ele. Malaquias 1: 5 a 10.
Nós que somos hoje chamados de ministros da Casa de Deus, devemos parar e ver se estamos oferecendo a Deus Sacrifícios agradáveis. Se estamos sendo zelosos. Se a nossa oferta de adoração culto após culto tem sido agradável ao Senhor.
Dimitri Juliano
Protestando

Comentários

Marcus Henrick disse…
ALELUIAAAAA !!

EM Nosso VIVER
EM Nossas Ações, se expressão a VERDADEIRA ADORAÇÃO.

Ehhh.. Abraão Sentiu um pouco das emoções de DEUS..
"Quando ELE estava levando seu filho para Adorar "
" ESTAVA LEVANDO-O PARA A MORTE, RENUNCIANDO e ENTREGANDO "

EMITIR SOM é APENAS UMA DAS MANIFESTAÇÔES do que JÁ EXISTE..

SE NÂO EXISTIR AMOR...
Não Há SENTIDO...é VAZIO !

Reflexão :

"SERÁ que O AMOR NOS LEVA A ADORAR , ESPERANDO RECEBER ALGO EM TROCA ??

UM ABRAÇO !!
Rominho disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Marciana Costa disse…
Ah!Juliano ontem no nosso culto de doutrina eu fui convidada a servir no louvor e em mim palpitava a vontade de que a pastora fizesse o apelo, o mesmo geralmente é feito aos domingos. E eu, indo à igreja depois de um dia de muito trabalho falava com Deus e pedindo que ele me usasse de alguma forma naquela noite, mesmo sendo bekc num grupo de 4 pessoas. Começei a interceder por esse momento antes mesmo do culto ter início. E de repente Juliano ela pega o microfone e faz o apelo... Jesus! eu não conseguia abrir os olhos e parar de orar. E numa grande festa na casa do Senhor tivemos 4 vidas sendo entregues no altar. Não me contive e lágrimas rolavam.

DETALHE Juliano passei o culto todo sentada no chão... e detalhe principal, ao lado do Senhor segurando a sua mão!
Danilo Fernandes disse…
Ola Dimitri!

Graça e Paz!

Vim conhecer seu espaço digital. Bom posts! A internet é um espaço precioso onde podemos falar de Jesus e discutir diferentes pontos de vista!

Aproveitando, faço uma apresentação do meu blog:

Genizah é um blog cristão diferente. Hilário e divertido, mas que não dispensa a seriedade na defesa do Evangelho. Uma mistura bem balanceada de humor, denuncia e artigos devocionais. No Genizah, você fica sabendo da última novidade do absurdário "gospel", mas também não falta material para inspiração e ótimas mensagens dos melhores pregadores. Genizah é um blog não denominacional apologético, com um time é formado por escritores, pastores, humoristas e chargistas cristãos.

Aguardo sua visita. Vamos nos seguir!

Abraços em Cristo e Paz!

Danilo Fernandes

http://www.genizahvirtual.com/
Loren disse…
Às vezes o povo durante os cultos só sabem culpar o ministério de louvor, caso estejam apáticos. Sei da importância de um ministério de louvor ser ungido e quebrantado, humildes ao Senhorio de Cristo, mas a culpa é de todos. Todos tem que adorar a Deus, não se pode esperar pela música. A adoração vai além disso, né? Mas não vejo muito isso não. Infelizmente...
Mas como Deus é misericordioso e vai nos aperfeiçoando a cada dia, uma hora todos se ligam!
busquesantidade disse…
Dimitri? Esta sua maneira de entender a Adoração é uma postura de alguém maduro em sua fé. Mas penso eu, que tudo é graça, inclusive a maturidade espiritual o chegar a ter a estatura de Cristo, o crescimento almejando. Isto é muito importante, mas se Deus não vier com a Sua Graça nada acontece. Estamos em processo de crescimento e a meta é a maturidade, que bom que você esteja preocupado em nos ajudar a trilhar este caminho. Muitas vezes consigo chegar diante do Senhor esvaziada de mim mesma, mas nem sempre. É muito difícil. Conto com a graça prá pode viver isto e assim. Obrigada pelo dom de sua vida. Sou católica praticante e amo de verdade minha Igreja e a Meu Amado Jesus, e reconheço alguém que O ama assim também. Que bom que você O ama. Forte abraço. Lourdes Dias.

Postagens mais visitadas deste blog

Dimitri Juliano - #DeixeQueimar